RIO GRANDE DO SUL - Bagé

Bagé - RS

     Bagé é uma cidade no interior do Rio Grande do Sul, com cerca de 118 mil habitantes e distante 377 km de Porto Alegre (onde tem o aeroporto mais próximo). A cidade é bem tradicional gaúcha e fica na fronteira com o Uruguai. Guarnição Especial Categoria B, adicional de 10%. A voltagem é 220 V (energia não é tão cara, mesmo usando ar condicionado e aquecedor) e o DDD é 53.
Custo de vida: de médio a alto, levando em conta o tamanho da cidade, claro. Gasolina também é bem cara, comparando com outras cidades do Rio Grande do Sul mesmo. Aluguel também está caro, ainda mais pro tamanho de Bagé.
Clima: uma cidade que vai de um extremo ao outro, ou muito quente ou muito frio.
Serviços - Bancos: Banco do Brasil, Caixa Econômica, Bradesco, HSBC, Itaú, Santander e Banrisul.
Internet: Dependendo de onde você ora, tem acesso a internet da oi, da claro e da Net.
Telefonia:
Mercados: O supermercado o preço não diferencia das outras cidades. As frutas e verduras tem um preço bom e sempre muito bonitas em qualquer época do ano. A única coisa que é muito caro em Bagé é a carne.
Comércio:
Transporte Público:
Trânsito: O trânsito é tranquilo, não tem engarrafamento, só que é estranho, por exemplo, existe um poste no meio das ruas em que o carro faz a rotatória, demora um pouquinho a se acostumar. A cidade não é toda pavimentada, existem três ruas principais que têm asfalto em alguns pedaços, o restante é de paralelepípedo, o centro é todo de pedra e a maioria dos bairros são de terra. A gasolina é uma das mais caras do Brasil, está em torno de R$4,40 e não tem GNV.
Rodoviária / Aeroporto: Tem rodoviária, mas aeroporto só em Porto Alegre, então tem que pegar ônibus até lá (viagem demora cerca de 5 horas). Outra opção é ir para Pelotas, porém lá você só conta com a empresa Azul, que, por não ter concorrência, a passagem é altíssima, e não tem avião todos os dias.
Alugueis: Variam entre 900 a 1600 reais para uma casa simples, sem luxo. Além do aluguel, pagamos uma taxa mensal na imobiliária (que é a de IPTU e de água) que é muito cara. O IPTU de uma casa no centro não custa menos que 1200 reais ao ano.
Só não alugar perto do Arroio Bagé, porque alaga. Jardim do Castelo é o bairro mais caro e mais inseguro de Bagé. Getúlio Vargas é bom, Centro também. A Santa Tecla está crescendo bastante, tem muita casa boa e fica perto de tudo que precisamos.
ImobiliáriasPiragibe.
PNR: Pra sargento demora em torno de 4 anos, e concorrem todos os sargentos, inclusive temporários. Pra oficiais subalternos pega mais fácil se for do MEC, do Blog e QG não tem direito. Só oficial superior que pega PNR.
Saúde: o hospital HGuBA (fica no bairro Castro Alves) é ótimo, os médicos são ótimos, só tem os problemas normais do FUSEX.
Educação: Existem 5 escolas particulares, duas de grande porte a várias pré escolas. Escolas estaduais são quatro.
A maior escola de Bagé e a melhor é Colégio Franciscano Espírito Santo, que vai da Educação Infantil a ao Ensino Médio e foi o 1º lugar no ENEM. E para Educação Infantil é a Modelando Sonhos, Cavalinho de Pau e Jardim Auxiliadora.Ensino Superior: tem federal (Unipampa), estadual (UERGS) e duas particulares: Urcamp e Ideal. Tem ainda o IFSul com cursos técnicos.
Emprego: é ruim, só consegue quem tiver alguém pra indicar e a cidade é pequena e não tem indústrias.
Lazer: tem diversos lugar pra ir dançar, restaurantes, bares, muitas praças. A praia mais próxima é o Cassino, a 230 km.
Segurança: É uma cidade tranquila, não tem muita violência na rua. Mas estão subindo muito os casos de arrombamentos de casas.
Pontos negativos: as ruas não são todas asfaltadas tem muito buraco na rua e pra quem tem carro é péssimo. Como é cidade de interior, não tem muitas opções de lazer, a noite não é muito agitada. Tem também racionamento de água no verão, então casa que não tem caixa pode ficar sem água. Além disso, o inverno é muito rigoroso (em 2016, chegou a fazer 0 graus, com sensação térmica de -5 graus) e dura bastante tempo.
Pontos positivos: cidade extremamente tranquila, não se ouve falar em violência.
Hotel de Trânsito: tem o de Oficiais (do BLog) com 5 suítes; Tel.: (53) 3242-7377 - (53) 3247-4262 /Fax: (53) 3242-7373 e E-mail: 3blog@eb.mil.br. E do GAC, misto e com 4 suítes; Telefax: (53) 3242-8355E-mail: htgac@bol.com.br.
Quarteis: 3º BLog, 3º Pel PE, 3º RCMec, 4ª DEL SM/8ª CSM, 3ª Bda C Mec (todos esses ficam no Centro) e 25º G A C (em Estrela Dalva).

5 comentários :

  1. Uma frase define bem Bagé: Ou esta fazendo um frio absurdo ou não tem agua. Isso dito por moradores da própria cidade

    ResponderExcluir
  2. Alguém pode dizer se emprego lá é fácil ou difícil de se conseguir?

    ResponderExcluir
  3. Emprego na área de saúde é difícil conseguir?

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. O emprego REALMENTE funciona por quem indique.Muitas pessoas formadas,com graduação,pós,etc.. estão desempregadas por não terem oportunidade de ingressar ou precisam se mudar para conseguir algum emprego.Lazeres são restaurantes,bares pois um lugar agradável para passear não há!

    ResponderExcluir

O que achou da postagem? Comente Aqui!
Não esqueça de se identificar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar que algo seja impróprio ou ilegal, denuncie para a administração.