AMAZONAS - São Gabriel da Cachoeira

São Gabriel da Cachoeira - AM

     São Gabriel da Cachoeira é um município situado no extremo noroeste do estado brasileiro do Amazonas. Dista 852 quilômetros em linha reta e 1146 quilômetros por via fluvial da capital do estado, Manaus. Situa-se na Bacia do Rio Negro. Limita-se ao norte com a Colômbia e com a Venezuela. Guarnição Especial Categoria A, adicional de 20%. A voltagem é 110V, DDD 97.
Clima: muito quente e úmido, como toda a Amazônia, 6 meses de chuvas constantes e 6 meses de "seca".
Custo de vida:
Serviços - Bancos: só tem Banco do Brasil, Bradesco e Lotérica/ Caixa Econômica.
Internet: Só pega as da região, nem adianta trazer modem 3G, por exemplo. As internets locais são: Maraska, Amazon e GNet. Você pode contratar por hora, que custa 3,00/h, ou contratar o plano 24h na sua casa com boleto bancário mensal. A Gnet (que eu tenho) custa R$230, 00 por mês com velocidade de contrato a 240kbps, mas acredito que chega a 500kbps na maioria das vezes. Esse é o valor médio mensal das outras também.
A energia da cidade, muito embora seja de gerador (acarretando em apagão quando acaba o diesel ou dá algum problema nele), não é cara, paga-se R$0,32 no kw. Mesmo usando o ar condicionado direto (o que é necessário em SGC), a conta costuma ficar em torno de R$170,00.
Telefonia: Celular é Vivo ou Tim.
Mercados: Os custos com alimentação é alto, sem muitas opções de legumes e verduras. Não se tem carnes frescas, somente congeladas e o leite não chega a R$4,00.
Comércio: Tem bastante mercados, mercearias, lojas de móveis e roupas (bem caro). Se precisar de alguma coisa mais específica, tem que pedir pela internet para mandar entregar, o que não é rápido, nem barato.
Aeroporto/Rodoviária: Para chegar na cidade é obrigatório pegar dois aviões, o primeiro até Manaus e outro da MAP para SGC, única companhia que chega na cidade (o que não sai nada barato! Ou seja, os militares aqui não são de viajar muito, tem alguns que ficam os dois anos sem sair da cidade, por diversos motivos, para economizar ou por que tem muitos membros na família). Ou então pegar barco (3 dias) ou lancha rápida (25 horas) de Manaus.
Transporte Público: Não tem ônibus, só táxi lotação.
Trânsito: Muito embora todo muito tenha carro ou moto na cidade, não fica muito engarrafamento, mas o trânsito é um pouco louco. Não aconselho trazer carro muito caros, pois a gasolina daqui é duvidosa, misturadas as  águas e tal. E como aqui aqui não tem bons mecânicos, podem gerar problemas. Mas, se decidir trazer o carro, demora no máximo uns dois meses pra chegar, depende do rio. Tem muitos militares que vendem carros, utensílios de casa, móveis e etc. Então, dá para comprar tudo usado dos que estão saindo, mas é bom começar a procurar logo que começarem a sair as transferências.

Saúde: Só há um Hospital do Exército na cidade, que é usado tanto pra os militares quanto para os civis. Casos mais complexos são evacuados para Manaus.
Educação: Com muitas crianças, fica complicado, porque ensino não é muito bom. Tem escolas particulares para os mais novos, já para o ginásio não tem particular, só escolas públicas, as escolas são: Turminha da Mônica, Colégio São Gabriel da Cachoeira e Adventista (a que os militares costumam colocar seus filhos). Tem ensino à distância do CMM.
Tem campus da UEA (Ciências Econômicas, Pedagogia, Educação Física, Matemática, Química e Tecnologia em Produção Pesqueira),da UFAM (Letras) e do IFAM (Técnicos). Além de faculdades à distância.
Emprego: Área de saúde e educação é a que mais contrata aqui na cidade. Quando chegar, já distribua currículo, eles costumam contratar esposas de militares e, como somos 'temporários', sempre surge vaga. Mas não deixe para o meio do ano, senão elas já serão preenchidas.
Aluguel: são em torno de 500,00 e 700,00 reais.
O PNR é bom. São 3 vilas de casas e 1 de apartamentos (48 no total, para SGT), e ainda estão construindo mais apartamentos (para praças e oficiais). Não demora muito a sair se for oficial (o meu saiu em um mês, e o meu marido só chegou no meio de fevereiro). Já para os sargentos, no máximo 1 ano. Quem abre mão do trânsito, escolhe os melhores, mas é difícil faltar PNR. É bom ligar para a OM e ver como está a lista para ver se vale a pena abrir mão do trânsito ou não para pegar PNR antes.
Lazer: Tem 2 clubes militares. Há lugares para comer, mas tudo muito simples. Tem 3 pizzarias boas na cidade, uma tem até rodízio. Todo sábado a La Bella, no bairro do Areal, faz um rodízio super gostoso, pizzas salgadas e doces, eles também servem almoço de terça a domingo. Tem a pizzaria Empório, lá eles servem além de pizza, hambúrguer (pra mim o melhor da cidade), pastel e comida, além de almoço. E tem a pizzaria Sabores, que além de pizza tem pastel.
Para o almoço, há alguns restaurantes que considero bom, tem o da Iris, o da Dina, a Empório, a La Bela, o bar do Jesus (serve churrasco) e o MM (não sei o nome, mas se você pedir pra ir no MM na lotação, eles te levam!). Para o jantar que é difícil, ou é pizza ou é no Conde (pra mim o único restaurante da cidade que pode se considerar um restaurante mesmo), eles servem deliciosos pratos lá, vale a pena conferir. Também a Chip Dog, que vende crepe, pizza e hambúrguer. O crepe la é muito gostoso (não é o crepe de palito, esse vende na praia nos final de semana). Pra quem gosta de música ao vivo, tem o Cuca (é um bar) nas noites de quinta-feira.
Segurança:
Hotel de Trânsito: São 3 na cidade. Um misto, do 5º BIS e com 12 aptos, telefones: (97) 3471-1865 e (97) 3471-1144. Um de oficiais, da Brigada e com 12 apartamentos, telefone: (97) 3471-1425, e-mail: htosgc@pop.com.br. E um de praças, também da brigada, e com 23 apartamentos, telefone: (97) 3471-1293.
Quartéis: 2ª Brigada de Infantaria de Selva; 2º Pelotão de Comunicações de Selva; Comando de Fronteira Rio Negro e 5º Batalhão de Infantaria de Selva; 21ª Companhia de Engenharia de Construção; e o HGuSGC.
São 7 Pelotões Especiais de Fronteira: 1º PEF Yauarete (tem um posto médico), 2º PEF Querari, 3º PEF São Joaquim, 4º PEF Cucuí, 5º PEF Maturacá, 6º PEF Pari-Cachoeira e 7º PEF Tunuí. Adicional de 2% ao dia (não tinha até 2013, mas começou a ser pago em 2014).
No PEF, você ganha os mantimentos básicos. Tem leite em pó, carne, feijão, arroz, óleo, entre outros... Você economiza bastante e as casas tem a mobília principal: geladeira, freezer, camas, fogão (às vezes em um estado ruim), mas dá para levar seus móveis também. Alguns não tem nem ao menos energia 24 horas, outros têm até um comércio pequeno local.

*AERONÁUTICA
- Quartéis: DASG e DTCEA-UA.
- Hospital:
- Vila:

Fonte: https://www.facebook.com/groups/cidadeinteressemilitar/doc/195108257258503/

37 comentários :

  1. Gostei das informações! Mas me foi dito que nos PEF de São Gabriel da Cachoeira não se ganha 2% ao dia.

    ResponderExcluir
  2. poderiam comentar mais coisas...
    Estou indo com meu marido que sera medico do batalhão da selva, gostaria de saber preço de moveis, alimentação e gasolina.
    Por favor... alguém que realmente conhece a cidade poderia dar mais informações.
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. em questao da alimentaçao e gosolina vamos elevar o preço..,pois tudo se torna muito caro quando se fala em amazonia.. principalmente, cidade de extremo norte do estado. aconselho que nao se surpreedera muito sobre coisas de cidade grande...mas em compensaçao tem uma linda paisagem natural...pra qm gosta de sol e paraia SGC é um bom lugar pra se passar uma temporada!! ano sei se ajudei muito mas é isso aew! obrigado!!!

      Excluir
  3. Servi 2 anos em São Gabriel da Cachoeira (08/09) e gostei muito. Saí obrigado, trouxe um índia e vou voltar. Amo a floresta, mesmo antes de conhece-la pessoalmente. Abração!

    ResponderExcluir
  4. Servi no HGuSGC e faltou um A. Uma índia. Rs

    ResponderExcluir
  5. Encho os olhos de lagrimas só em falar em amazonas. Em qualquer parte do amazonas tudo é maravilhoso. Preço! não vi diferença alguma no estado atual que estou (fortaleza). A floresta amazonica é uma terapia. O calor de manaus ou qualquer outra cidade do amazonas é o que nos dá vontade de trabalhar. Ô POVO HOSPITALEIRO. viva o Amazonas.

    ResponderExcluir
  6. Oportunidades de trabalho no local? Alguma ?

    ResponderExcluir
  7. Alguém pode me informar sobre os PEFs, como funciona a mudança? pra quem tem carro? Vende? Deixa no batalhão? Compensa levar carro pra SGC?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se for pro PEF, não compensa trazer carro, pq lá não tem estradas adequadas, a menos que seu carro seja um trator. O militar sai daqui e vende tudo, logo, é mais fácil comprar os usados (carro de selva) caso precise. Atualmente alguns dos PEF tem mobília e eletrodomésticos principais, bizú entrar em ctt com alguém que esteja lá pra saber o que tem.

      Excluir
  8. Sou esposa de militar e gostaria de saber se para quem é da área da enfermagem com nível superior consegue emprego rápido?

    ResponderExcluir
  9. Enfermagem faeb pode vir despreocupada porque aqui no Dsei e Casai sempre tem vaga pra área de enfermagem.Provavelmente você conseguirá bem rápido se empregar!

    ResponderExcluir
  10. SGC terra boa de viver sem a preocupação de assalto, bala perdida, seus filhos vão a escola com segurança nao existe sequestro transito zero o custo de vida nao é diferente de outras cidades se for por na ponta do lapis...São Gabriel é logar de tranquilidade povo hospitaleiro e bem recepitivo.

    ResponderExcluir
  11. Mariana de Andrade12 de março de 2016 22:51

    Boa noite. Sou Engenheira Civil e gostaria de saber como anda o mercado de trabalho na área. Será que seria fácil conseguir emprego?

    ResponderExcluir
  12. Saudade de São Gabiru, servi nos anos (11/12), ano que vem eu volto. Quer tranquilidade, paz de espírito, amizades verdadeiras? Vá. Custo de vida? Hj no Brasil não diferencia muito. Coração aberto para novas experiências. Escolas? CMM à distância e Dom Bosco para reforçar.

    ResponderExcluir
  13. Vou pra SGC em janeiro/2017 com meu esposo militar. Há vagas na área de AutoCad como projetista ou professora em curso/escola??

    ResponderExcluir
  14. Estou indo no final do ano e estou tranquilo. Mais uma missão é seja o que Deus quiser. Quero economizar e adquirir meu apto em Fortaleza ou Natal.

    ResponderExcluir
  15. Internet 250,00 sem funcionar, gasolina a 4,25 o litro, comida muito cara, leite a 4,50 o litro, agua a 12,00 o galão de 20 litros. Economizar ainda não consegui, mas é aa meta para o ano que vem. Carro traga um popular: corsa,

    ResponderExcluir
  16. Estou retornando para SGC, servi em 2000/2001. lembranças maravilhosas, local onde se faz muitas amizades. Na época chegaram profissionais de varias regiões para trabalhar nas ONGs e o campus universitario ainda seria inaugurado. faltavam muitos PNR e o gerador era ligado a cada 4 horas. não tinha internet nem celular, mas não fazia falta.... melhor infancia que minha filha teve, até hoje cultiva as amizades com filhos de militares e pessoal da cidade!!! A Selva nos une!!!

    ResponderExcluir
  17. Estou de mudança para SGC por conta da transferência do meu esposo, fiquei super feliz ao saber que tem o Campus da UEA com meu curso (Pedagogia)!

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Boa noite! Sou dentista pós graduada em odontopediatria. Alguém sabe dizer se no hgu ou nos postos médicos há falta de dentistas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Complementando, temos interesse em pedir transferencia esse ano (mas eu não sou militar, ainda, porém tenho interesse)

      Excluir
  20. Boa noite, Estou avaliando os planos de transferência e gostaria de saber informacoes atuais sobre SGC, a OM, a cidade e como chegar. Estou em Santa Maria/RS

    ResponderExcluir
  21. Pnr tem para todos, ou devo abrir mão do transito?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PNR tem pra todos os sargentos. Não precisa abrir mão do trânsito, mas quem chega primeiro pega os melhores

      Excluir
  22. Boa noite. A vila de oficiais na cidade chama-se BACO?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não! tem uma vila que fica próximo a casa do general essa não lembro o nome e uma outra que chama vilagran cabrita! Selva!

      Excluir
  23. Boa noite, será que minha esposa consegue emprego rápido na área de enfermagem, ela é enfermeira e também técnica em enfermagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Área de saúde sempre precisa de trabalhadores.

      Excluir
  24. Existe a possibilidade sim. pois é uma área bastante carente.

    ResponderExcluir
  25. Boa tarde, excelente artigo, muito esclarecedor. Gostaria de saber como está a velocidade de internet atualmente. Tenho escritório virtual e gostaria de saber se eu teria como manter meu trabalho em SGC. Obrigada!

    ResponderExcluir
  26. Gostei do artigo, gostaria de ir visitar meu namorado que ta servindo ai, mas ja achei um sacrifício chegar até ai,passagem muito cara, ou viagem longa, meu Deus! Mas espero sobreviver no namoro... Rsrsrs

    ResponderExcluir
  27. Meu nome é Filype Rocha sou Dentista, e meu sonho sempre foi servir as forças armadas, um amigo serviu em SGC um tempo atrás e falou muito bem, como faço pra servir??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Filype!
      Para servir como militar temporário, dá uma olhadinha sobre o que tem no site do Exército: http://www.eb.mil.br/web/ingresso/militar-temporario
      Boa sorte!

      Excluir
  28. Gostaria de saber quais são as frutas típicas da região e também as comidas...Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cupuaçu e açaí nunca falta porque tem na região, não precisa vir de Manaus. E os peixes da região, como bodó, piraíba, tucupi etc.

      Excluir

O que achou da postagem? Comente Aqui!
Não esqueça de se identificar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar que algo seja impróprio ou ilegal, denuncie para a administração.