ACRE- Cruzeiro do sul

Cruzeiro do Sul - AC

     A cidade é simples e, por se tratar de guarnição especial, tem uma boa estrutura, pois a cidade é bem pavimentada (apesar dos buracos), Centro e adjacências são bem asfaltados e perfeitamente trafegáveis, com exceção dos ramais, que são as regiões na zona rural, bem distantes do centro. A cidade possui apenas cerca de 80 mil habitantes e fica a 635 km da capital, Rio Branco. É Guarnição Especial Categoria A, tem adicional de 20% e  a voltagem é 110 V.
Cruzeiro do Sul / AC
     O acesso à cidade de Cruzeiro do Sul, na maior parte do ano, só é possível via aérea. Só existe uma rodovia (BR-364) ligando a capital Rio Branco ao município, a qual só apresenta razoáveis condições de trafegabilidade no período da seca (julho a outubro).
Clima: Bastante quente e úmido, mas à noite refresca. Frio é ameno e raro. A época do "verão" é no período da seca (julho a outubro), enquanto o "inverno" é quando as chuvas são mais intensas (novembro a junho). Na época das chuvas, a rodovia que liga a cidade à Rio Branco fica bastante difícil de trafegar, podendo até ser fechada, o que gera um grande aumento nos preços dos produtos e da gasolina, por exemplo.
Custo de vida: O custo de vida ainda é alto (como a maior parte da Selva), mesmo depois da construção da BR 364, que liga Cruzeiro a Rio Branco, pois a estrada não é boa, apresenta buracos enormes, muita lama e entre dezembro e abril (período das chuvas) fica quase impraticável, o que encarece o custo do transporte.
Serviços - Bancos: Banco do Brasil,  Caixa Econômica, Bradesco e Banco da Amazônia.
Internet:
Telefonia:
Mercados: Tem diversos mercados de bairro e dois mercados grandes (Cohab e Super Econômico), mas alguns produtos chegam a custar o dobro do Rio de Janeiro, como café, feijão e açúcar, por exemplo. Carne é muito mais barato que no RJ por terem muitos matadouros e pouca probabilidade de exportação. Mas os legumes são caros e escassos.
Comércio: não tem grandes redes de lojas, mas possui um bom comércio e muitos prestadores de serviço. Existe um mercadinho popular (mercado municipal) com várias lojinhas que vendem de tudo, inclusive eletro-eletrônicos e produtos da China e da Bolívia, mas os preços não são muito baratos. Roupas aqui são caras e não tem muita variedade. Eletrodomésticos também são caros, uns 30% a mais que no RJ, por exemplo. Há muitas farmácias, padarias e pontos de churrasco, principalmente em volta da praça do Centro da cidade.
Transporte Público: É bastante deficitário, mas tem transporte público da vila militar pro centro e pra UFAC. Poucas linhas, demoradas e só funcionam até certo horário. Há os motos táxis, em torno de 8 reais curtas distâncias.
Trânsito: Praticamente não tem engarrafamento ou guerra para estacionar, a cidade é bem pequena, mas o trânsito é meio bagunçado, alguns não tem noção. Excesso de motos na cidade. Quando chove muito o trânsito fica ruim porque o Centro fica um pouco conturbado, mas não chega a alagar. Gasolina tá em torno de R$4,80.
Rodoviária / Aeroporto: o aeroporto tem um voo diário para Rio Branco, e direto é apenas para lá. E tem um terminal rodoviário, mas na época do inverno (quando tem as chuvas intensas - de novembro a junho), fica bem difícil de trafegar na BR-364. A distância para a capital é de 635 km, mas, pelas condições da estrada, o tempo de viagem é cerca de 10 horas.
Saúde: PMGu, que fica em frente ao quartel. Há 4 clínicos gerais, um dentista e uma fisioterapeuta. O PMGU foi todo reformado no final de 2016 e tem bom atendimento. Há poucos especialistas na cidade e o FuSEx aqui trabalha com sistema de ressarcimento. No particular, uma consulta chega a custar 300 reais e o ressarcimento leva em média 6 meses. Os convênios são apenas para fisioterapia e laboratórios. Casos mais graves são encaminhados para o Hospital de Porto Velho/RO, que fica a uns mil km.
A cidade tem 2 hospitais, sendo um geral (Hospital do Juruá) e outro maternidade, são públicos, mas o atendimento é rápido. Caso não tenha uma reserva de dinheiro para emergência, o público é o lugar que pode ir. Há também uns 30 postos de saúde espalhados pela cidade, que funcionam bem, mas não têm emergência e funcionam até as 17h.
Aluguel: Em torno de 600 a 800 reais uma casa simples de 2 ou 3 quartos numa região próxima ao quartel. No Centro, de 900 a 1200 reais em diante. Há casas boas e ruins, é preciso pesquisar. Há uma vila de casas da Diocese, conhecida como vila dos padres, que possui casas boas (bem simples) de 2 ou 3 quartos a um preço acessível e fica a 10 a 15 minutos do quartel a pé. É bizu procurar o padrinho para que ele indique o repasse dos alugueis dos militares que estão indo para Vila ou sendo transferidos. Quanto mais próximo morar do quartel, melhor, ou então morar logo no centro. Morar entre os dois não é legal, pois se perde locomoção pra um ou pra outro, já que a rede de transporte público é um pouco ineficiente.
Bairros em torno do centro e adjacências têm boa estrutura. Os ramais, que ficam nas áreas rurais, não tem estrutura e são ruas de barro. Os bairros perigosos ficam bem afastados, mas aqui não tem muita violência.Imobiliárias:
PNR: a fila anda legal. Há períodos, como esse ano, que quem abre mão do transito pega de cara, (quando sai 2/3 do efetivo), mas normalmente espera-se 1 ano, tanto para praças como para oficiais.
São divididos em: 01 PNR funcional do Cmt Btl; 04 PNR de Oficial Superior, 12 PNR de Capitães e Tenentes, 44 PNR de Subtenentes e Sargentos, 04 PI (Posto de instalação) de Subtenentes e Sargentos, localizados no centro da cidade.
Educação: Não tem Ensino a Distância do CMM e o ensino é público é muito precário, mas tem boas escolas, como o Colégio São José, de educação Marista, o Presbiteriano. Há apenas uma escola particular que vai do maternal ao ensino médio, o Instituto Santa Teresinha, que tem ótima estrutura: é Colégio de freira, enorme, limpo, salas climatizadas, vários laboratórios, usa o sistema positivo de ensino, é o melhor ensino da cidade e mensalidade é em torno de 450 reais. Há 2 creches municipais e umas 4 particulares de educação infantil. Creche particular tem o Gente Miúda, com opção de horário integral. Curso de idiomas tem Wizard.
Ensino Superior: Tem um campus da UFAC (cursos de Letras, Pedagogia, Ciências Biológicas, Enfermagem, Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal e Direito) e do IFAC (com cursos técnicos e graduação em Matemática). De particular tem Clarentiano, Fael, UNOPAR, UNINTER, UNIP e IEVAL (única presencial, tem curso superior de Administração e Contabilidade e vários cursos técnicos).
Emprego: Depende muito da área e da bagagem profissional, como em todo o lugar. Normalmente, pra saúde e educação é tranquilo de conseguir. Mas o que percebi é que algumas portas fechadas para esposas de militares pelo fato de passarem pouco tempo lá. E as melhores oportunidades sendo ocupadas por quem tem o "quem indique". Procurando e sendo insistente acha, pois a cidade tem carência de profissionais especializados, mas não espere encontrar algo super bizu. Tem aberto muitos concursos como SENAC, Prefeitura e UFAC.
Segurança: Muito tranquilo, pouquíssimos e isolados casos de violência, inclusive as pessoas daqui costumam ir ao comércio e deixar a chave no carro. Não é necessário fazer seguro. Há alguns furtos isolados.
Lazer: Há algumas pizzarias, lanchonetes, barzinhos, duas boates, duas casas de show e um teatro com eventos esporádicos. Tem a praça do centro com parquinhos e barraquinhas onde é servido um ótimo espetinho de todo tipo de carne. Não tem shopping, mas tem um cinema. Há eventos regionais periodicamente na cidade.
Há dois bons banhos onde a diversão é garantida nos finais de semana, o Igarapé Preto e a praia do rio Môa. Tem ainda um clube militar CRBIS e o clube da AABB.
Hotel de Trânsito: misto e com 9 apartamentos. Contato pelo telefone (68) 3322-2025 ou pelo e-mail: ocomsoc61bis@gmail.com
Quartel: O 61º BIS (a 6 km do Centro no bairro de Aeroporto Velho, numa região pavimentada que possui comércio, escolas, academias etc. O Clube CRBIS, a vila de oficiais e a vila de sargentos fica na mesma quadra do quartel e juntos compõem a vila militar) é bem operacional, possui CCAp, B. Adm e 2 Cias de Fzo. Está sempre envolvido em missões com os órgãos públicos da região. O quartel possui dois destacamentos (São Salvador e Marechal Thaumaturgo), onde vai um Ten e um 2º ou 3º Sgt pra cada e ficam por 60 dias, ganhando diária de 2%, são instalações precárias e não leva a família.
Os 2º Sgt concorrem a escala de Adjunto e a escala do destacamento. O pessoal de saúde é dividido em quem era técnico e quem não era; quem era técnico, tirava permanência no posto médico e sobreaviso (em casa) de técnico; e quem não era, tirava permanência e sgt de dia. A escala de permanência era uns 12x1 pois os cb e sd do posto tb concorriam e a de sgt de dia uns 8x1.


*AERONÁUTICA
- Quartéis: DTCEA-CZ
- Hospital: 
- Vila:

Fonte: https://www.facebook.com/groups/cidadeinteressemilitar/doc/195315237237805/
 ~ ATUALIZADO EM 12/03/2017 ~ 

15 comentários :

  1. Boa noite. Adorei a iniciativa do BLOG, pois é muito importante como troca de informações e experiência de vivência nas cidades. Gostaria de informações sobre a cidade de Altamira/Pará, local onde meu marido foi transferido. Caso saiba de algo, ou melhor, conheça algum(a) militar e esposa que morem no local peço que poste aqui. Obgda.

    ResponderExcluir
  2. Boa Noite! Postaremos sim,temos informações atualizadas! Tudo de bom!!

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde!
    O preço do aluguel em até 800 reais é locação através de imobiliária?
    Meu marido está sendo transferido para Cruzeiro do Sul e só achamos 02 imobiliárias na internet, porém uma não tem imóvel disponível e a outra com aluguel de R$ 2.000,00.
    Obrigada, o blog foi muito útil para minha família.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os valores disponibilizados são as média de preços... daí vai depender do bairro preferencial e do tipo de imóvel. Qualquer dúvida é so perguntar. Grande Abraço!

      Excluir
    2. Olá Joelma, não sou militar, mas estou me mudando para Cruzeiro afim de estudar, sou estudante do Curso de Direito, e observei que o 61ºBIS fica próximo, haveria a possibilidade de você me passar o contato dos alugueis?

      Excluir
  4. estou me formando este ano na EsSA e estou pensando nesta cidade, sabe me informar como é p sargento recem formado, se é fácil conseguir lugar, se ja vai para os destacamentos logo q se apresenta e se sabe alguma coisa destes destacamentos e como é p familia pois tenho mulher e um filho q vai estar com 2 anos?obrigado

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Olá Geisiane, meu marido também é sargento da saúde, estamos pedindo transferência esse ano e nossa 1° opção é Cruzeiro do Sul. Se você puder me dar mais quaisquer informação sobre a cidade, ficaria grata... estamos mais preocupados mesmo com moradia, emprego e faculdade também!
    Se puder me add no facebook: https://www.facebook.com/ellen.justino.1

    ResponderExcluir
  7. nao entendi sobre os PNRs, pra sgt demora qnt tempo em media?

    ResponderExcluir
  8. Como é a internet na cidade? é boa a velocidade?

    ResponderExcluir
  9. Olá como esta a fila de pnr para oficial superior?

    ResponderExcluir
  10. Grupo de whats para troca de informações sobre a cidade
    https://chat.whatsapp.com/KEOrUv4Q8E75HvhsCZRCYg

    Ou solicitar no meu 021976168431

    ResponderExcluir
  11. Olá. Vou lhe enviar solicitação. Obrigada,

    ResponderExcluir
  12. Olá sou Izabele gostaria de sabe como uma mulher faz pra exercer algo ai dentro do quartel?

    ResponderExcluir

O que achou da postagem? Comente Aqui!
Não esqueça de se identificar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar que algo seja impróprio ou ilegal, denuncie para a administração.