ALAGOAS - Maceió

Maceió - AL

     A capital alagoana possui cerca de 950 mil habitantes e fica a 265 km de Recife e 295 km de Aracaju. É a principal cidade do estado e, atualmente, vive um intenso crescimento econômico e de infraestrutura. Sempre conhecida como "Cidade-Sorriso" e "Paraíso das Águas", hoje é considerada como o "Caribe Brasileiro", devido às suas belezas naturais, que atraem turistas de todo o mundo. A voltagem da cidade é 220V e é guarnição comum, não tem adicional.
Clima: A temperatura da cidade fica entre 25 e 29 graus. Considerando a localização na Região Nordeste do Brasil, em plena zona tropical e banhada pelo Oceano Atlântico, apresenta clima quente e úmido.  
Custo de vida não é caro, tem para todos os bolsos.
Serviços - Bancos: Banco do Brasil, Caixa Econômica, Bradesco, HSBC, Itaú, Santander e Banco do Nordeste.
Internet:
Telefonia:
Mercados: Os principais são Extra, Gbarbosa e o que acho melhor em relação a preços é o Bompreço e tem também o Atacadão.
Comércio
O aeroporto Internacional de Maceió fica em Tabuleiro, a 25 km do Centro e atua com vôos da Gol, Tam, Trip e Azul. A rodoviária João Paulo II fica em Feitosa, com várias empresas e destinos.
Transporte Público: Feito exclusivamente por ônibus. Existe um sistema semi-integrado de transporte, com três Terminais de Integração: um localizado no bairro Benedito Bentes, o outro no Conjunto Residencial Colina dos Eucaliptos no bairro da Santa Amélia e o último na Avenida Rotary no bairro Gruta de Lourdes. Na prática, a maioria das pessoas que moram longe do trabalho acaba por pagar duas ou mais passagens. O valor da passagem é alto e incompatível com a qualidade do serviço, R$3,50, já que a frota de ônibus é insuficiente e precária.
Trânsito: Fica chato nos horários de pico (de manhã cedo, na hora do almoço e no final da tarde), mas nada exagerado que se compare às grandes capitais.
Saúde: O FuSEx anda um pouco ruim, pois perdemos o contrato com a Unimed, então são poucas as clínicas conveniadas (pega a guia no quartel). O posto médico dentro do Batalhão tem atendimento de clínica geral, ginecologia, pediatria, odontologia e serviços de laboratório. Casos de maior complexidade são encaminhados ao HMAR, em Recife.
Educação: Escolas recomendam Marista, Saint Germain, Padrão, Criar e Recrear. Tem ainda Santa Úrsula, Imaculada, Anchieta, Pierre Vigne, entre outras. Não tem Colégio Militar. No bairro do Farol, fica o maior complexo educacional de Alagoas, o CEPA (Centro Educacional Público de Alagoas), que são várias escolas estaduais agrupadas no grande centro, para quem quer uma opção que não seja particular.
Ensino Superior público tem a UFAL, a UNEAL e o IFAL (ensino técnico e superior). Fora as várias faculdades particulares.
PNR: Sobre as vilas são vizinhas ao quartel. A de oficiais fica na Rua Cel Lima Rocha e conta com 16 casas sendo 01 funcional, 02 para Of Sup e 13 para Capitães e Tenentes. A de praças fica na Rua Cel Murilo Otávio de Barros, a vila conta com 24 casas STen/Sgt.
Aluguel: Próximo ao quartel você acha apartamentos em torno de 700 a 900 reais e casas de 1.000 a 1.400 reais em bairros bons como Farol, Gruta de Lourdes, Pinheiro. Mais próximos à Orla, bairros bons são: Ponta Verde, Pajuçara, Jatiúca e Poço, só que são mais afastados do batalhão e também mais caros.
Empregos: Possui agricultura, pecuária e extração de gás natural e petróleo.
Lazer: O lazer que Maceió oferece é principalmente as praias da Pajuçara, Ponta Verde e Jatiúca e também o passeio à piscina natural na Pajuçara. Conta também com importantes monumentos, museus, como o Museu Palácio Floriano Peixoto, o Museu Théo Brandão, o Teatro Deodoro. Fora a Orla, que é bastante animada, os bares, boates e os shoppings.
Pontos negativos: A cidade é muito linda, mas mal cuidada pela população e pelos políticos. O trânsito está ficando sobrecarregado, mas é o normal das cidades grandes.
Hotel de Trânsito: de Oficiais, Categoria “B”, com 5 apartamentos e 1 suíte de general. Fica ao lado do Batalhão, dentro do Círculo Militar, no bairro Farol. Tel.: (82) 3202-5942 – Fax: (82) 3202-5904
email: hto@hotmail.com
Quarteis59º Batalhão de Infantaria Motorizado, no Farol e a 20º CSM, no Centro.


*AERONÁUTICA
- Quartel: DTCEA-MO, em Rio Largo.
- Hotel de Trânsito: também tem Rio Largo, com 6 unidades,  telefone: (82) 3322-1773 - 335 / 341.
- Hospital: não tem hospital da Aeronáutica.
- Vila:


*MARINHA
- QuartelCPAL, em Jaraguá.
- Hotel de Trânsito: não tem.
- Hospital: não tem hospital da Marinha.
- Vila:

Fonte: http://www.facebook.com/groups/cidadeinteressemilitar/doc/301273343308660/
 ~ ATUALIZADO EM 05/06/2018 ~ 

12 comentários :

  1. Olá Vitor, meu marido foi transferido p MAceió e não achamos a cidade violenta, mas sim ocorrem assaltos em vários pontos. São muitos pedintes e dizem que de alguns anos para cá o as drogas chegaram e ganharam espaço na cidade, mas como cidades médio e grande porte, deve-se tomar cuidados, mas nada alarmante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um dos pontos negativos da cidade é o trânsito. Muito intenso, principalmente na Avenida onde fica o quartel chamada Fernandes Lima. A cidade é mal planejada e não tem por onde escoar os carros. Os engenheiros de trânsito tb passaram longe daqui. O aluguel fica acima de R$ 1000 com condominio e IPTU. Como sou carioca, acho barato por ser um "bairro nobre" , mas muitos não acham. Meu marido optou morar na Ponta Verde e pagamos R$ 1300 com Cond e Iptu em um ap 2 qtos com 1 banheiro (53 m2) e isso pq ele pagou um ano adiantado. No Farol próximo ao quartel, não achei muito diferente desse valor. Na cidade, nada é muito distanteo lugar mais distante que é o aeroporto fica a 30 min de Ponta Verde sem trânsito, ou seja, de uma ponta a outra dá p fazer nesse período e tempo, mas no horário do rush nem vale a pena sair.

      Excluir
  2. Fusex tm convênio com o melhor hospital da cidade que é o Sta Casa. Precisei ficar 1 semana internada e não tive problemas nenhum. Quartos excelentes com direito a acompanhante, atendimento de primeira e boa equipe médica. Creio que no próximo ano serão conveniados com Unimed tb.

    ResponderExcluir
  3. PnR p sargentos demoram média de 6 anos e oficiais pegam se abrirem mão do trânsito.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Militares transferidos para a 20ª CSM, não tem direito à PNR. Com a desativação da 20ª CSM, os militares integrantes da OM, vão ser transferidos para outras OM ou serão classificados no 59° BI Mtz. Assim vão poder concorrer a PNR. Eu acho..

    ResponderExcluir
  6. Agora não tem mais convênio com a Santa Casa, sinto-me insegura em relação a saúde...

    ResponderExcluir
  7. como está a cidade em relação a empregos na área da saúde, violência e custo de vida (aluguel e etc..)??

    ResponderExcluir
  8. bom dia hoje qual convenio do fusex em maceio?

    ResponderExcluir

O que achou da postagem?
Comente Aqui e não esqueça de se identificar!

(Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar que algo seja impróprio ou ilegal, denuncie para a administração.)

* AO COPIAR, DÊ OS CRÉDITOS DEVIDOS.