MARANHÃO - Imperatriz

Imperatriz - MA

     Banhada pelo Rio Tocantins, fazendo divisa com o estado que leva o mesmo nome, Imperatriz é a segunda maior cidade do Maranhão. Com 250 mil habitantes, a cidade passa por franco desenvolvimento. Forte no comércio de atacado, varejo e agropecuário, Imperatriz abastece toda a "Região Tocantina" e Bico do Papagaio. É Guarnição Especial Categoria B, tem adicional de 10% (e tempo mínimo de 2 anos). A voltagem é 220 V.
Clima: O oeste maranhense está dentro da área de atuação do clima tropical subúmido com médias pluviométricas e térmicas altas. Chove bastante nos primeiros meses do ano, mas não tem períodos de seca. Há somente duas estações bem definidas na cidade: inverno, ou estação das chuvas (novembro a março), e verão, ou estação da seca (abril a outubro). A temperatura média é de 25 ºC. Nos meses de junho e julho, são frequentes temperaturas abaixo dos 16 °C nas madrugadas e durante o dia a temperatura quase chegar aos 40 ºC.
Custo de vida: Custo de vida alto para o tamanho e desenvolvimento da cidade. Mas está melhorando em relação às compras.  
Serviços - Bancos: Banco do Brasil, Caixa Econômica, Bradesco, HSBC, Itaú, Santanrder, Banco da Amazônia e Banco do Nordeste.
Internet: Tem a Veloxter (1, 2 e 5 megas), Velox (com telefone fixo) e a Júpiter (fibra). Valores a partir de 90 reais. Qualidade não muito boa, em tempo nublado tende a perder o sinal.
Telefonia: Todas as operadoras funcionam na cidade (Oi, Tim, Vivo, Claro).
Mercados: tem um Atacadão da rede Carrefour. Cada bairro faz as suas feirinhas de final de semana e isso ajuda na compra de hortaliças e verduras.Tem o supermercado Mateus em diversos lugares da cidade.
Comércio: O centro comercial tem muitas opções e tem o mercadinho que vende artigos regionais. Vestuários e calçados você acha na média.
Transporte Público: Tem uma pequena frota que corta toda a cidade.
Trânsito: Muito ruim, ruas estreitas, sinalização ruim, muito fluxo de motos e bicicletas. A gasolina está em torno de R$3,50.
Rodoviária / Aeroporto: Tem um aeroporto nas proximidades da BR e uma rodoviária na entrada da cidade.
PNR: As Vilas ficam na área do batalhão e não 20 casas para oficial (sendo 1 casa de hóspedes) e 50 casas para ST/Sgt (sendo 1 casa de hóspedes). PNR geralmente pega no 2º ano se for Sgt e, para oficial, no máximo no 1º ano, mas oficial normalmente pega assim que chega na unidade. A vila militar foi manutenida pelo atual comando. O clube é anexo a vila. Temos 3 clubes (Alvim I,II e III) todos nas vilas.
Aluguel: Aluguel não é barato. A cidade passa por um Bug imobiliário e uma kitnet em condomínio fechado nas proximidades do quartel não sai por menos de R$ 750,00. Morar em casa com garagem custa de R$ 900,00 a R$ 1.000,00 nas proximidades do quartel, mas em bairros um pouco mais afastados encontra até por R$ 600,00. Você pode até achar kitnets entre R$ 450,00 e R$ 550,00, mas de segurança e qualidade duvidosos.
FUSEX/ Saúde: Tem médicos sempre a disposição no posto de saúde que fica no quartel,mas para especialista, é necessário solicitar encaminhamento e guia para clínicas e hospitais conveniados. Como em muito lugares, as consultas são demoradas de se conseguir, em média de um mês para atendimento. As clínicas conveniadas são boas.
Educação: Há algumas boas escolas: Adventista, Santa Luzia, COC, Colégio Delta InfantilDom Bosco (tem convênio com o batalhão) etc.
Tem ainda a Escola Militar Tiradentes (PMMA), onde o  processo seletivo é para o preenchimento de vagas do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3ª ano do Ensino Médio (fica na Rua Coriolano Milhomen s/n – Bairro Bacuri). Geralmente o seletivo abre inscrições entre dezembro e janeiro, precisa ficar acompanhando no site.
Tem Senac e Sesi com muitos cursos profissionalizantes.
Cursos de idiomas tem CCAA, Fisk, Skill, Yásigi, CNA, Wizard e algumas outras.
Ensino Superior: Tem campus da UFMA (com cursos de Ciências Contábeis, Sociologia, Biologia, Comunicação Social - Jornalismo, Direito, Enfermagem, Engenharia de Alimentos, Medicina e Pedagogia), da UEMA (que tem EAD e os cursos de Estudos Sociais, Engenharia Florestal, Medicina Veterinária, História, Administração, Ciências, Letras, Geografia, Física, Pedagogia, Agronomia, Matemática, Ciências Biológicas e Estudos Sociais) e do IFMA (com cursos técnicos), fora as particulares que possuem vários cursos: UNISULMA (conveniada), FACIMP, FEST e FAMA.
Emprego: Depende da área de formação. Tem seleções para educadores no site da Semec (prefeitura) e no site da Seduc (Estado). Seleção para a área da saúde, vagas no Sine e, no mais, é só acompanhar o site Imperanews que tem noticias de vagas de emprego, concursos e seletivos.
Lazer: Há três shoppings: Timbira, Imperial e o Tocantins.  Há vários banhos na região onde se passa os finais de semana. A 220 Km fica a cidade de Carolina, com suas lindas cachoeiras e banhos de águas cristalinas maravilhosas, como o Véu de Noiva e Poço Azul. Tem um grande centro comercial. Há alguns bons barzinhos pra tomar uma cerveja gelada e também o pôr do sol na orla do rio Tocantins nas tardes de sábado é uma delícia. Há uma grande pizzaria (Romanos) onde são realizados shows bastante atrativos de artistas regionais e até mesmo nacionais. O forte da região é o sertanejo, forró, tecnobrega e som automotivo.
Pontos Negativos: cidade um pouco violenta, tumultuada, trânsito caótico, cheio de bicicletas, motos e carroças. Em época de chuva, ruas ficam completamente alagadas.
Hotel de Trânsito: Tem uma casa de hóspedes na vila dos oficiais. Precisa agendar antecipadamente a reserva.
Quartel: O quartel é o 50º BIS. Ele é isolado da brigada, mas bem visitado pelos comandantes da brigada e região, ou seja, muita faxina. Vira e mexe tá envolvido em missões com IBAMA, INCRA, PF, PRF, DNIT, ou seja, pagamento de diárias. Quartel também cobra bastante no serviço diário.

Fonte: https://www.facebook.com/groups/cidadeinteressemilitar/doc/197199523716043/
~ ATUALIZADO EM 09/11/2016 ~ 

19 comentários :

  1. Excelente esse site. De grande ajuda. Parabéns

    ResponderExcluir
  2. informar q imperatriz-ma passou de comum para guarnição especial.

    ResponderExcluir
  3. Poderia me informar se existe alguma legislação que ampara Imperatriz como Guarnição Especial?

    ResponderExcluir
  4. è Gu Esp só para movimentação (2 anos) não paga 20%, não conta 1/3 de Tp Sv e não paga 4 Aj de Custo por ocasião de transferência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguém pode repassar como está a cidade hoje em dia .. aspectos bons e ruins, por favor ... Esposa e eu e um menino de 2a3m e um que nascerá em julho. Nao entendi bem o q vc falou sobre transf e 20%

      Excluir
    2. aspectos bons da cidade a fila de PNR passou para um ano dependendo de QUER época do ano você se apresente, novembro e e dezembro e melhor de se apresentar aluguel deu uma baixada de preços, já da para morar por quinhentos reais perto do quartel, saúde só tem 3 hospitais particulares, mas um já está em construção em frente a vila dos sargentos, supermercado tem vários na cidade mas só da rede mateus, gasolina é 3.50

      Excluir
  5. Alguém pode repassar como está a cidade hoje em dia .. aspectos bons e ruins, por favor ... Esposa e eu e um menino de 2a3m e um que nascerá em julho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aqui paga 10% de guarnição tipo b e só fica dois anos e já pode pedi transferência, mas só paga duas ajuda de custo, mas a passagem e aérea, não tem 1/3 para reserva

      Excluir
  6. A Cidade de Imperatriz não oferece muitas opções de lazer. O trânsito é meio louco. Muitas ruas transversais. Você está trafegando em uma rua, num cruzamento é preferencial, no outro já não é mais. Carroças nas ruas, pedestres andando no meio da rua, nunca vi tanto motoqueiro na vida. Desde idosos até crianças. Segundo informes, Imperatriz se tornará Guarnição Especial de 1ª Categoria. Só não é ainda por conta de falta de recursos, mas poderá ser a partir de março de 2016.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Companheiro Jailson Silva (ou alguém que possa me tirar estas dúvidas). Sou Marcelo Oliveira e gostaria que você pudesse me tirar 2 dúvidas: a) Em média, com quanto tempo o Sgt consegue ocupar PNR? b) O quê se fala sobre a possibilidade de Imperatriz passar a Guarnição de 1ª Categoria pagando 20% e 4 ajudas de custo? Grato companheiro( e quem mais possa me tirar estas dúvidas)!

      Excluir
  7. Olá, Alguém sabe informar sobre a fila de espera do PNR para sargento? E se tem internet e sinal de celular no local?

    ResponderExcluir
  8. Olá, Marcelo e Thainá. A fila pra PNR de STen/Sgt gira em torno de 1 ano para pegar. Oficiais, dependendo da época da apresentação, pode chegar e pegar. Os PNRs estão sendo reformados. Com relação a passar para Cat A, foi feito um estudo e aprovado pelo EME, só que ainda não tem previsão de passar efetivamente. Segundo informes, por falta de recursos. Espero tê-los ajudado. Um abraço

    ResponderExcluir
  9. Thainá, aqui todas as operadoras de celular funcionam. Internet também tem. Algumas empresas oferecem o serviço. O custo fica em torno de R$ 350,00 a 500,00 a instalação (via rádio ou fibra ótica) e de R$ 60,00 a R$ 90,00 ( de 1 a 2,5 megas) a mensalidade. Também tem a velox, mas não é uma boa escolha.

    ResponderExcluir
  10. olá,fui transferido hj e gostaria de saber se alguem tem um contato na banda de musica que pudesse me passar o contato.tenho que ser desligado entre 14 de nov e 14 jan,alguem sabe qual epoca boa para me apresentar.grato.
    sgt francisco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tiver interesse em pnr, se apresenta o quanto antes. Tem sgt vindo p cá esse mês de Novembro.

      Excluir
  11. Bom dia
    Alguém saberia informar qual o telefone da casa de hóspedes?
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  12. Gostaria de saber o tempo mínimo de permanencia em Imperatriz

    ResponderExcluir
  13. Sou da Marinha. Gostaria de saber qual a lei que ampara imperatriz como localidade especial B

    ResponderExcluir

O que achou da postagem? Comente Aqui!
Não esqueça de se identificar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar que algo seja impróprio ou ilegal, denuncie para a administração.